Policial Chubão fala sobre caso do DJ Ivis

Com experiência na área da segurança, Chubão pede que a Justiça não “afrouxe” e DJ sofra sanções pesadas

 

As discussões sobre a violência contra as mulheres estiveram em destaque na mídia. Depois da divulgação de vídeos em que o DJ Ivis (Iverson Araújo) aparece agredindo a sua ex-esposa, a influenciadora Pamella Holanda, na frente da própria filha de apenas 9 meses, programas de TV, youtubers e toda a grande mídia voltou a debater sobre a violência doméstica.

De acordo com dados de 2020 dos canais oficiais de denúncias do Governo Federal, foram registradas mais de 105 mil denúncias de agressões contra mulheres nas plataformas ligue 180 e o Disque 100. Embasando o levantamento, o Anuário Brasleiro de Segurança Pública apresentou nesta última quinta-feira (15/07) uma pesquisa muito importante no Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP). Nele informa que em 80% dos lares brasileiros onde um homem tentou agredir uma mulher com faca ou arma de fogo, essa vítima era mãe e os filhos assistiram às agressões.

Sobre o caso, o policial do GER (GRUPO ESPECIAL DE REAÇÃO), grupo de elite da polícia Civil de São Paulo, Rafael Antunes, mais conhecido como “Chubão”, mostrou toda a sua indignação ao falar do caso e pede para que a Justiça adote sanções severas contra o artista.

“É inadmissível o que aconteceu. O cara agrediu a própria esposa na frente da criança. E ele ainda tentou justificar, mas nada disso justifica. É revoltante que isso aconteça na nossa sociedade. Espero que a Lei Maria da Penha caia pesado para cima desse indivíduo e que sofra sanções pesadas”, disse Chubão.

Após o caso, Wesley Safadão e Xand Avião anunciaram a demissão do DJ em seus respectivos negócios. Marília Mendonça e a dupla Maiara e Maraísa anunciaram uma parceria em uma canção que fala sobre a violência contra as mulheres. Após a repercussão do caso, DJ Ivis, que estava em um condomínio de luxo na Região Metropolitana de Fortaleza, foi preso nesta última quarta-feira (14/07) depois de uma determinação da Justiça e agora tenta entrar com um pedido para responder em liberdade.

Com quase 17 anos de atuação como policial, tendo passagens pelo GARRA (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos) por 12 anos, Chubão já foi convidado para diversos programas, como Operação de Risco, da RedeTV, e no Programa do Datena, na Band. principalmente para discutir sobre a violência. Atualmente, produz conteúdo para o seu canal no YouTube onde posta vídeos diariamente, além de postar conteúdos diversos sobre segurança nas redes sociais para prestar mentorias por meio de experiências.

 

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCcaTZJCPUhacZH6pZn15m-g

Instagram: https://www.instagram.com/chubao/

Compartilhe esta matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Share on pinterest