Conheça Florença, o verdadeiro paraíso da Europa

Alena Mayuk

Modelo e influenciadora da Bielorrússia, Alena Mayuk, lista dicas para quem quer viajar no pós pandemia

Por: Maria Clara Cordeschi

O berço do Movimento Renascentista é parada obrigatória para todos os apaixonados por arte, e não é por menos – foi em Florença que grandes artistas, como Leonardo da Vinci, Dante, Rafael e Michelangelo trabalharam durante anos.

Além disso, a capital da Toscana também foi, por muitos anos, a capital da moda, graças ao trabalho do empresário Giovanni Battista Giorgini, que organizou o primeiro desfile da alta costura italiana, em 1951.

Uma cidade que encanta por tantas tradições, beleza e cultura, deixou a modelo e influenciadora Alena Mayuk, completamente apaixonada: “Para mim, a cidade mais agradável é Florença. Estou realmente apaixonada e não me imagino vivendo em outro lugar. Florença tem de tudo: não é tão pequena, não é caótica, é linda e cheia de atrações históricas e culturais, também têm diversas oportunidades de emprego”.

Para quem vai pela primeira vez, Alena separou algumas dicas de pontos imperdíveis, confira:

Você provavelmente deve ter se encantado ao ver imagens do Duomo ou da Ponte Vecchio em algum filme, e realmente é impossível conhecer Firenze, como os italianos dizem, sem passar por esses pontos. Contudo, a cidade é tão incrível, e guarda tantos segredos, que para conhecê-la por completo, levaria uma vida.

Para a modelo, os pontos imperdíveis da cidade são a galeria Uffizi, que possui a melhor coleção do mundo de obras renascentistas, a Galleria dell’Accademia, onde está a escultura “David”, uma das mais famosas de Michelangelo, e o favorito de Alena: Museo Galileo, que encanta os amantes da ciência.

Também vale a pena conferir o pôr do sol na Piazzale Michelangelo. O momento fica ainda mais inesquecível com uma taça de vinho ou um inconfundível gelato. A Praça tem vista panorâmica de toda a cidade e deixa todos os turistas – e moradores, de olhos brilhando.

E falando em vinho, a noite em Florença pode ser bem movimentada, e para quem deseja um bom drink, dançar e ouvir uma boa música, os clubes Villa Vittoria e o The Lodge são as opções certeiras.

Como dito, Florença carrega diversos segredos, para os curiosos de plantão, não deixem de procurar pela cabeça de um touro na catedral Duomo, a engraçada lenda diz que ela foi colocada ali por um carpinteiro que trabalhou na construção do local, para lembrar o marido da sua amante, que morava na região, o que ele era!

Alena Mayuk
Foto: Divulgação/ Reprodução

Ou então, a poucos passos do Duomo, a Chiesa di Santa Maria Maggiore esconde o rosto de uma mulher que, supostamente, teria sido petrificada por não doar um copo de água.

Não deixe de passar a mão no focinho da estátua de javali que fica em frente ao mercado porcellino, traz boa sorte, e em seguida, procure por um círculo branco e verde no chão do mercado, trata-se da pedra da vergonha, onde os devedores eram punidos durante a Idade Média.

Também é impossível ir embora sem fazer compras, para isso, existem opções para todos os bolsos: “Há principalmente 2 áreas centrais famosas: via Calzaiuoli, com marcas de baixo e alto custo, e a via Tornabuoni, com apenas marcas exclusivas.  Além disso, a apenas 15 minutos de carro de Florença, fica o maior shopping center da Toscana, o  I Gigli, com mais de 130 lojas. Quem adora fazer compras em outlets, perto de Florença pode encontrar 3 excelentes: Barberino Fashion Outlet, Valdichiana Village e o The Mall Luxury Outlet”, finaliza Alena.

Compartilhe esta matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Share on pinterest