Gabriel Veronese dá dicas para aproveitar as férias e viajar com segurança

O turismólogo Gabriel Veronese aponta soluções para aproveitar o período de férias com segurança, com cuidado e equilíbrio.

Com muitos países estendendo suas proibições de voos vindos do Brasil e para o Brasil, muitas famílias que já haviam planejado tirarem férias neste período do ano no exterior tiveram de refazer os seus planos e encontrar alternativas de destinos turísticos nacionais. No entanto, sempre fica a dúvida se é possível aproveitar o período de férias em segurança.

Por isso, o turismólogo com MBA em Ciências do Consumo Aplicadas, Gabriel Veronese, aponta que viajar de férias é possível, mas é preciso tomar cuidado e ter equilíbrio. “No ano passado, durante o verão europeu, entre junho e setembro, muitas restrições foram levantadas para permitir que os europeus pudessem viajar e movimentar a economia, evitando a falência total do setor. No entanto, o que se observa no Brasil é que muitos turistas ainda mantém um comportamento indisciplinado, burlando as medidas de segurança que são cruciais para a proteção de todos. É possível viajar dentro do Brasil, que oferece sim destinos turísticos incríveis, mesmo durante a pandemia, contanto que se mantenha o bom senso e se obedeçam às regras.”

Cuidados a ter para as férias

Veronese aponta a informação como principal aliado do turista neste momento. “Hoje, com a internet, não temos desculpa para não nos informarmos, nem realizarmos uma pesquisa extensa antes de tomar qualquer decisão. Lembre-se de sempre se perguntar: essa viagem implicará riscos para mim ou para outras pessoas? Quão alto é esse risco? Se nao se sentir seguro, é melhor adiar as férias para outro momento.”

Muitos alojamentos e estâncias turísticas estão adotando medidas para receberem a certificação de que são destinos seguros nas férias. “Descubra quais são os destinos mais seguros, que não devem atrair tantas pessoas e estão conseguindo controlar os casos de coronavírus e  encontre alojamentos que estejam tomando boas medidas de segurança. Além disso, opte por um meio de transporte seguro. Descubra atividades disponíveis no local que permitam experiências seguras e planeje as suas refeições, seja para cozinhar no alojamento ou encontrar restaurantes próximos que adotem todas as medidas de segurança”, ressalta o turismólogo.

Viagem de carro

Embora os aeroportos estejam tomando todas as medidas de segurança cabíveis, Gabriel Veronese acredita que a melhor solução é viajar de carro com a família. “Assim, você não só evita os perigos de contaminação em aeroportos e aviões, como também facilita o retorno à sua cidade caso ele seja necessário. Se pretende viajar de ônibus ou trem, saiba que os cuidados precisam ser maiores. O risco de transmissão do vírus nesse tipo de transporte é mais alto do que em aviões.”

Alojamentos seguros

Gabriel Veronese acredita que alugueis de casas e alojamentos distantes dos grandes centros urbanos possam ser opções mais seguras neste momento. “Em um hotel é mais provável que voce entre em contato com outros hóspedes. Por isso, optar por reservar uma casa permite evitar o contato com outros hóspedes, com funcionários da acomodação e vizinhos de edifício. Isso pode ser feito em sites como o Vrbo e o AirBnb, ou mesmo o Trivago e o Booking, que também contam com alojamentos privados. Mais uma vez, confira se as medidas de segurança estão sendo tomadas pelo proprietário. Se quiser uma opção mais barata, considere acampar ou viajar de motorhome. Lembre-se de que, nesses casos, outras preocupações com segurança serão necessárias.”

Compartilhe esta matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Share on pinterest