Lente dental, faceta de porcelana ou de resina composta: qual é a melhor?

Luanna Coelho, dentista e empresária, aponta as diferenças e fala sobre o custo benefício de cada uma delas.

Você decidiu trabalhar a estética dos seus dentes, pois aprendeu que o sorriso é o principal cartão de visitas e uma saudação cheia de graça. Com isso você pesquisou e leu sobre o uso de lentes de contato dental, facetas de porcelana e de resinas compostas. Pintou a dúvida,  agora, quais são exatamente as diferenças entre elas? Não se preocupe, pois a dentista e empresária Luanna Coelho listou as principais vantagens e distinções desses tratamentos.

Luanna começa dizendo que tanto as facetas de porcelana, quanto as lentes de contato são capinhas de cerâmica feitas de forma personalizadas para serem cimentadas nas faces frontais dos dentes para melhora na aparência do sorriso, essa é única semelhança entre elas. A diferença está na forma de confeccionar o dente para receber esse tratamento, sendo indicado de forma específica para cada paciente.

“Trabalhamos a lente de contato nos dentes de pessoas que ainda não passaram por alguma destruição dentária, como remoção de grandes cáries e tratamento de canais. Já na faceta de porcelana é indicado para dentes que já receberam muitas agressões internas como canais e reconstrução dentária ou agressões externas como traumas. Em ambos, o tratamento é realizado com material de porcelana.”explica a dentista.

Diferente das duas primeiras, Luanna explica que a diferença da faceta em resina composta está no material e na execução. “A resina é um material friável, não precisando de intervenção laboratorial, ganhamos um tempo maior de trabalho e conseguimos diminuir custos diretos, podendo ser realizado em uma única consulta. Traz também função e estética, sendo que em 99% dos casos os dentes não são desgastados e a instalação é realizada por meio de sistema adesivo, sendo uma forma de adesão mais direta”, explicou.

Custo benefícios

Agora que você sabe as diferenças e qual é o mais indicado para o seu sorriso, ainda resta outra dúvida, a do custo benefício. Qual vale mais a pena? Seja lá qual for optar em fazer, o cliente sairá no lucro com um belo conjunto de dentes.

“Na resina o investimento é menor, porque o próprio dentista desenvolve de forma artesanal na hora do atendimento, desde que o especialista já tenha entendido a necessidade do cliente e tenha tido a aprovação do mesmo para execução. Já porcelana e lente de contato o investimento é maior, visto que terá intervenção de laboratório e protético devido a necessidade do tipo de material, aumentando o tempo do atendimento, já que será feito por processos”, finalizou.

Compartilhe esta matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Share on pinterest